Baixe o SMS Power View Universal para LINUX. Descompactar e Rodar imediatamente

Gerencie as funções do seu Nobreak SMS (todas as séries) controladas pelo programa SMS-PowerView. Versão LINUX -UNIVERSAL Já Compilado! Baixe o pacote aqui!


Vários fabricantes de Nobreaks, possuem programas para comunicação USB (antigo serial  RS-232) com seus equipamentos, com isso será possível o usuário controlar as funções do nobreak, tais como carga da bateria, temperatura interna, desligamento remoto, dentre outras funções.

Para usuários LINUX a vida é sempre mais complicada, pois os próprios fabricantes em geral não desenvolvem versões de programas oficiais para ele. Com isso, a maioria dos usuários novatos do sistema Linux-Desktop, se encontram reféns de algumas funções que são suportadas somente em outros sistemas operacionais oficialmente (Windows ou Mac).

No caso da linha de Nobreaks da fabricante SMS, existe um programa oficial para controle e gerenciamento das funções do nobreak, conhecido por PowerView. 




O programa pode ser baixado no seguinte link, e possui versões para Linux e Windows (32 ou 64bits).

No caso do Windows, como sempre, basta instalar o programa rodando o arquivo .exe. Vale lembrar que o programa requer o Java instalado em seu sistema, caso contrário não irá rodar!

No caso de usuários LINUX, o fabricante disponibiliza uma versão oficial especial, porém que deve ser "compilada" em seu sistema antes de ser executada! É ai que começa o pesadelo de todo usuário iniciante, ou até mesmo alguns experientes dependendo do problema.

Então, nosso engenheiro testou o programa em várias distribuições LINUX, (Mandriva, Kubuntu) de 32 e 64 bits, e descobrimos uma incompatibilidade, principalmente em sistemas 64 bits!

Mas calma, temos a solução para que você possa ter o programa funcionando em sua máquina LINUX 64bits!

Problema ao tentar Compilar.

Não vamos aqui ensinar como compilar o programa, existem vários fóruns falando sobre isso, o importante é o problema que vai dar ao você fazer este procedimento.

Supondo que você tenha tentado compilar com o java padrão do seu sistema, ou tenha baixado um java novo.

Ao tentar rodar o script (./powerview start -g) como root, se aparecer a tela e o icone do SMS em azul, parabéns você está com sorte!

Mas, se aparecer uma mensagem parecida como esta no seu terminal.....



....era exatamente o que muitos usuários encontravam,até agora!

A mensagem pode ser diferente, mas se refere ao librxtxSerial.so,uma biblioteca de comunicação USB que o SMS powerview usará para se comunicar com o seu nobreak. 

Ela é criada na compilação, quando você indica ao programa em qual Java a instalação vai ser baseada.

Já tentou mudar de Java? Compilar usando um outro Java 64bits? Que tal o mais atual?... Java 32bits? Já fizemos tudo isso também.

O resultado é o mesmo. Na hora de carregar o programa, no terminal uma mensagem indica erro, justo na hora de iniciar a comunicação USB (procurar em que porta USB seu Notebreak está conectado).

E agora?..... O Que fazer??......





Nada, isso é um bug no Java e não no programa SMS Powerview! Portanto não adianta baixar novas versões de Java e testar com elas, misteriosamente todas elas apresentam o mesmo erro!

Nossa solução veio do antigo Mandriva 2010 64bits. Conseguimos compilar com uma versão especial do Java 1.6.0.27,que era disponível neste antigo sistema. Graças à uma máquina perfeitamente configurada, conseguimos achar o problema. Este java também está sendo fornecido em nosso pacote especial!

Somente e unicamente com ele, conseguimos fazer o programa SMS PowerView rodar em outros Linux 64bits! Testamos no Kubuntu mas todos os outros devem funcionar. Testado no Mint e CentOS!

O TrayIcon do SMS PowerView ficou azul, indicando a correta comunicação com o Nobreak, e assim liberando o acesso aos serviços da porta 8080.


Agora acessando pelo browser podemos controlar todas as funções do nosso Nobreak em Linux 64 bits!


Basta abrir seu navegador e digitar localhost:8080, e os serviços do Nobreak serão carregados em tempo real. Nas abas poderá configurar outras funções, tais como desligamento, beeps de alerta e todo o resto.



Acreditamos que podemos ajudar a outros usuários LINUX tanto 32 quanto 64 bits, e por isso com a autorização da própria fabricante, elaboramos um pacote Universal do SMS Powerview. 

Baixe nosso pacote Universal e assim poderá controlar as funções do seu Nobreak em quaisquer distribuição LINUX, bastando apenas fazer 3 alterações no script.

Baixe%20Pacote%20SMS-PV%20Linux%20Aqui

Senha no Servidor:    smsjmjg

Crie uma conta (Registro) Gratuito para Baixar! Não paga nada e poderá baixar muita coisa de graça!

OU (Link Alternativo pelo MEGA.NZ)

Baixe%20pelo%20MEGA%20GRATUITO! 


ATENÇÃO: Este pacote funciona apenas em sistemas operacionais LINUX, não é para Windows! Por isso o pacote é compactado em formato .tar.gz (não reconhecido em Windows)


Descompacte o pacote .tar.gz diretamente na sua pasta /HOME/seunomeusuario.



Depois siga as instruções contidas no arquivo leiame.txt!



Você deverá mudar poucas linhas no script "powerview" que foi criado antes de rodar o script "inicia.sh". Não tente rodar sem alterar as linhas conforme instruído, pois o programa não conseguirá rodar!



Nosso pacote é universal para todos LINUX 64 ou 32 bits, bastando apenas mudar as linhas conforme instruído.



Com o java correto fornecido, a librxtxSerial.so estará compilada com todos os "core dumps" necessários.



Caso esteja rodando Linux derivados do Red Hat (mageia,openmandriva,etc) não execute o script "inicia.sh". Rode direto como root (su) ./powerview



Deste modo esperamos que usuários Linux se livrem deste problema no qual muitos fóruns abordam sem solução fácil, principalmente para usuários iniciantes.



Cortesia de JMJG. 

1 comentários:

Yuri Sucupira disse...

Instalei o SMS Power View em /opt/sms, por isto no meu caso a biblioteca librxtxSerial.so está em /opt/sms/libs/32/librxtxSerial.so

Toda vez que uma biblioteca escrita em linguagem C (como é o caso da librxtxSerial.so) é vinculada ao código que está em execução dentro da Máquina Virtual Java (JVM) da Sun/Oracle, essa JVM executa um recurso denominado "Stack Guard" para verificar se esse código C foi mal escrito ou contém algum código malicioso. Se qualquer uma das duas situações for detectada, a biblioteca C pode não ser executada, ou alternativamente ela pode ser executada porém com algum aviso. Se a biblioteca C que você executa é confiável, o aviso pode ser ignorado.

De qualquer modo, existe um pacote denominado librxtx-java que instala uma versão da biblioteca librxtxSerial.so que é compatível com o Stack Guard da JVM. A maioria das distribuições GNU/Linux populares mais atuais possui esse pacote disponível no repositório (eu estou no XUbuntu 14.04 de 32 bits e encontrei facilmente esse pacote, usando o Synaptic). Se tiver certeza de que esse pacote está disponível no repositório do seu sistema e o seu sistema funcionar com apt-get, este comando funcionará, no terminal do shell bash:

sudo apt-get install librxtx-java

Após a instalação do pacote librxtx-java, o sistema passará a dispor do arquivo /usr/lib/jni/librxtxSerial.so, que é a mesma biblioteca escrita em linguagem C, só que compatível com o Stack Guard da JVM.

Após o pacote librxtx-java haver sido instalado, é recomendável fazer backup da biblioteca original do SMS Power View. Para isso, executei este comando:

sudo mv /opt/sms/libs/32/librxtxSerial.so /opt/sms/libs/32/librxtxSerial.so.bak

Após o backup (que basicamente renomeou o arquivo librxtxSerial.so para librxtxSerial.so.bak), o próximo passo é criar um link simbólico dentro da pasta da biblioteca original. Para fazer isso, basta executar este comando:

sudo ln -s /usr/lib/jni/librxtxSerial.so /opt/sms/libs/32/librxtxSerial.so

Agora que o arquivo /opt/sms/libs/32/librxtxSerial.so é um atalho que aponta para a biblioteca compatível /usr/lib/jni/librxtxSerial.so, basta reexecutar o SMS Power View, para que ele passe a utilizar a nova biblioteca, que está em /usr/lib/jni/librxtxSerial.so. Segue o comando para executar o Powerview:

sudo /opt/sms/powerview restart

Leia Também

Últimas Novidades em Destaque

2008-2017 Ⓡ ESI JMJG Som&Imagem Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.